[recent]

28 de novembro de 2016

Complemento e Suplemento Infantis



Oi, gente!!!
Então, como eu falei no post anterior, o Marcelinho desmamou e teve que começar a ser complementado já que estava resfriado/gripado e não queria comer sólidos, deixando-nos muito preocupados aqui em casa.
Foi aí que a pediatra indicou o Enfagrow,  que é um composto lácteo com DHA, ferro, colina, iodo e zinco. Nutrientes que favorecem o desenvolvimento cerebral, além de Prebióticos + 24 vitaminas e minerais, além de não ter xarope de milho como adoçante e ser rico em Ômega 3.
Não era o que eu desejava, mas era o necessário. Eu aceitei e graças a Deus teve boa aceitação dele.
Ele geralmente toma a tarde 200ml antes da soneca e de noite para dormir e dormindo também (cerca de 400ml).
Agora vamos falar de suplementação. Há mais ou menos 1 mês o Marcelinho começou a indicar estar iniciando os "terrible two" precocemente. Não vou me estender agora sobre isso, que consiste em nada mais nada menos que a adolescência dos bebês. Depois fazemos um post exclusivo desse tema é sobre a minha visão é experiência com Marcelo. Com essa nova fase dele, ele aprendeu a dizer "não" pra tudo, principalmente para comida! De repente tudo que ele comia e adorava, não comia mais e cuspia quando colocava na boca. Vocês podem imaginar que isso me deixou de-ses-pe-ra-da. 
Teve dia dele só querer o leite! Tive muito medo dele perder peso e atrapalhar seu desenvolvimento, já que além de tudo ele dorme mal demais. 
No retorno à pediatra, ela disse que ele estava ótimo para a idade, com o gráfico no crescente de peso e altura (mesmo ele não sendo alto e pesado para sua idade - ele é mediano) e que mesmo com a minha reclamação, ele estava bem, mas que eu não devia deixar de insistir na boa alimentação. No entanto, por precaução, ele indicou o suplemento Pediasure (até ele voltar a se alimentar melhor, não será fixo) uma vez ao dia antes de dormir, oferecendo apenas 200ml em forma de "ceia".
Ele aceitou bem também e tem 10 dias que ele está tomando. Percebi que mesmo aos poucos, ele está aceitando ao menos experimentar algumas coisas (mesmo já tendo comido antes! Parece que perdeu a memória alimentar!rs). Está sendo um trabalho de formiguinha, mas como sou eu quem fica com ele o dia inteiro, consigo perceber uma diferença, mesmo que mínima.
Além disso ele toma diariamente Kalyamon, Redoxon e homeopatia para melhorar o soninho. Ele nunca dormiu uma noite inteira.
Como está/foi a experiência de vocês?
Beijos, queridas!

Um comentário
Compartilhe:
Thais Pinheiro
Thais Pinheiro

Thais Moura, 30 anos, carioca, bacharel em Direito e blogueira social media, mãe em tempo integral do Marcelinho.

Um comentário:

  1. Imagino o desespero que deve dar. Mas também imagino que tenha sido fácil ele aceitar o Pediasure, QUE É UMA DELÍCIA!!! Se não fosse tão desnecessário pra mim como adulta, tomaria todos os dias... :p

    ResponderExcluir