[recent]

13 de setembro de 2017

Absurdos que ouvi desde que descobri a segunda gravidez até hoje, 19 semanas.


Estava refletindo sobre alguns absurdos que venho ouvindo depois que descobri a segunda gravidez, então vou culpar os hormônios, ligar o f***-se e falar o que realmente penso sobre tudo isso!

  • Já grávida de novo? - "Sim, não sabia que existia um prazo." Caramba, pra não dizer outra coisa, por que as pessoas acham que podem ser inconvenientes dessa maneira? Tá se achando a detentora do relógio biológico alheio? Pelo amor de God, né não?
  • Grávida do segundo? Seu marido não ficou chateado? - "Como o filho é dele não ficou não, já se fosse do vizinho..." #emojibufandoderaiva - Pqp ao cubo, galera! Por que culpar a mulher por engravidar? Por acaso eu fiz uma inseminação artificial escondida ou o meu marido estava lá participando ativamente da concepção??? Se ele também fez, vai ficar chateado com a casa dos carvalhos! Quer dizer que só a mulher é "culpada" pela gravidez??  Se matem, seus escrotos!
  • Segundo filho com menos de 2 anos de diferença?? Essa aí gosta!! - pausa para dizer que ouvi essa na emergência de um hospital pois estava lá com uma mega virose ainds no primeiro trimestre! Despausa. "Gosto de que, senhora? Poderia ser mais específica??" - Claro que ela quis dizer que eu era uma vagabunda que vivo trepando à torto e a direito! Ah, pessoal, vocês, meus leitores queridos, que me perdoem, mas eu não tenho paciência nem resistência para lidar com esse tipo de comentário, e ainda sofrendo com uma virose num ambiente hospitalar!!! Lá eu não tive forças para reagir, mas hoje só de lembrar fico igual siri na lata! Que vaca essa daí, mano!
  • Agora tem que ser menina, senão o marido pode ficar chateado! - "Se ele mandar o cromossomo Y toda vez o problema é dele! Eu tô sempre mandando o X! Você frequentou a escola?" - Caceteeeeeee!!! Que mania chata é essa das pessoas acharem que os maridos podem se chatear com qualquer coisa relacionada à gestação, meu Deus??? Nós, por exemplo, nunca tivemos preferência de sexo nessa segunda gravidez (na primeira meu marido queria menino, aí ele fez certinho e mandou o Cromossomo Y, daí nasceu Marcelinho), pode ser menino ou menina tran-qui-la-men-te!

Acho que esses foram os mais marcantes, mas tenho certeza que confundiram meu ouvido com penico e falaram mais bostas! Minha memória de grávida selecionou só as bostas mais fedidas...
Como tô trabalhada na tolerância zero, voto por uma sociedade com mais "VTNC's" e menos "cara de paisagem"!!!
Palpiteiros, já foram à M**** hoje, anjos?
Beijos leitores lindos! Desculpem o desabafo de uma grávida com os hormônios à flor da pele!
Nenhum comentário
Compartilhe:
Thais Pinheiro
Thais Pinheiro

Thais Moura, 30 anos, carioca, bacharel em Direito e blogueira social media, mãe em tempo integral do Marcelinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário